16 de agosto de 2015
GRANDES VINHOS ARGENTINOS

 

 

Top argentina pratos & rolhas

Degustação de grandes argentinos com harmonização do nosso amigo e amante da gastronomia Carlos Pappini. A classificação, segundo os 8 apreciadores que estavam presentes, foi:

1º LUGAR – BRESSIA CONJURO 2009: 50% Malbec, 30% Cabernet Sauvignon e 20% Merlot Bressia pratos & rolhasenvelhecido 18 meses em carvalho francês. Elegante com aromas intensos. Frutado no nariz e harmônico no palato. Muito bem balanceado, potente e encorpado. Final longo. Um vinho pronto. A Bressia Winery teve o seu início em 2003, juntamente com a esposa e filhos, Walter Bressia começou uma empresa familiar sob o conceito de “Family Wines”, que foi o resultado de uma longa experiência e trajetória como produtor, já que Bressia trabalhou para Nieto Senetiner, Vistalba e Viniterra antes da empreitada da sua própria vinícola.

2º LUGAR – ACHAVAL FERRER FINCA ALTAMIRA 2009: o vinho sul americano mais pontuado de Achaval Ferrer pratos & rolhastodos os tempos. Conseguiu 99 pts de Parker. Sua produção vem de vinhedos com + de 80 anos. Este 100% Malbec tem aroma intenso e complexo. Presença de amora, ameixa, violeta, casais e couro. Aveludado na boca com boa acidez e taninos refinados. Persistente. A produção de uma garrafa deste vinho requer o suco de 3 videiras, já que trata-se de uma baixa produtividade controlada. Potencial de guarda de 20 anos.

3º LUGAR – LAS PERDICES TINAMÚ 2009: Malbec (60%), Cabernet Franc (25%), Petit Verdot (10%) e Tannat (5%), sendo 24 meses em barricas de carvalho (70% carvalho francês e 30 % carvalho americano). No nariz é intenso, com aromas de geleia de frutas, chocolate, tabaco e anis. Em boca é encorpado, tânico, mas com equilibrio.




14 de março de 2015
MENDOZA – GASTRONOMIA

KATHERINA

 

IMG_2543

 

Katherina é um indoor-outdoor restaurante localizado do Hotel Entre-Cielos. O restaurante tem a sua face voltada para leste e assim tem uma vista maravilhosa da Cordilheira dos Andes. As videiras do próprio hotel complementam esta bela paisagem. Serve alta-gastronomia baseado na cozinha local e italiana. Pratos muito bem preparados e muito saborosos. A variedade de pratos e entradas não é extensa e assim as opções de escolhas são limitadas. Há a opção de degustação de vinhos harmonizado com as opções dos pratos onde são oferecidos 5 diferentes vinhos. Os serviços do enólogo é bem fundamentado, considerando que todas as opções são locais, e pode ser considerada uma boa degustação, porém os vinhos oferecidos podiam ser melhores, já que o preço cobrado não é baixo (US$100/pessoa). Um restaurante de ótimo serviço e ambiente bem aconchegante. Vale a pena chegar um pouco mais cedo para o jantar para acompanhar o por do sol. Uma boa opção em Mendoza.

 

TERRAZAS DE LOS ANDES

 

IMG_2549

 

Trata-se do restaurante situado na vinícola Terrazas de Los Andes.  A arquitetura e o local formam um ambiente singular e fantástico. O serviço encontrado aqui é difícil de ser batido. O atendimento, a atenção e as explicações impecáveis. É servido um menu pronto de 4 passos. Todos muito bem preparados pelos chefs Noelia Squizziatto e Manuel Debandi. Além das tradicionais empanadas como entrada, a lasanha de camação estava simplesmente maravilhosa e o beef com pistache, charuto de folhas de uva e purê de abóbora muito bem elaborado. O beef alto no ponto ideal. Um restaurante bem personalizado que atende somente pequenos grupos, sendo que para saborear os pratos preparados neste restaurante você vai precisar de reserva antecipada para o almoço, já que não há opção para o jantar. Os pratos são sempre harmonizados com vinhos da própria vinícola. Uma opção que vale a pena.

 

BRINDILLAS

 

IMG_2553

 

Uma surpresa! O chef Mariano Gallegoe e sua esposa Florencia D’Amico comandam este restaurante mostrando grande talento. O Brindillas, que foi inaugurado em 2005, se deu ao luxo de ficar fechado por 3 anos para experiências internacionais do casal e reabriu as suas portas em 2011. As experiências foram nas cozinhas de Barcelona e Tokio e influenciaram fortemente a cozinha do Brindillas, que se destaca na proposta fusion food. Claramente nipo-catalã.

Um restaurante de ambiente simples, mas aconchegante. Os pratos são saborosos, muito bem preparados e sempre com toques criativos. As apresentações são perfeitas. Uma boa carta de vinhos que enfatiza Mendoza e os preços dos pratos são bem convidativos. Há a união da boa gastronomia com os bons preços e formam aqui o melhor custo-benefício de Mendoza que eu vivenciei.

Entre os restaurantes de Mendoza que tive a oportunidade de conhecer, sem dúvidas, este foi o melhor. Não deixe de visita-lo!

 

VISTALBA WINERY RESTAURANT

 

IMG_2558

 

Este restaurante é parte da Vinícola Vistalba, tradicional produtor de vinhos em Mendoza. Um ambiente requintado em meio as videiras e oliveiras. Bem aconchegante. O couvert, além de ótimos pães, traz uma degustação de azeitonas produzidas na propriedade. O cardápio da casa valoriza bastante a culinária local com carnes grelhadas, empanadas, doce de leite… Uma boa gastronomia mas sem surpresas. Há a opção de harmonização com os vinhos de produção própria e, particularmente, fazem bons espumantes. Oferecem bom serviço com pessoal bem preparado e bastante atencioso.

 

FRANCIS MALMANN’S 1884

 

IMG_2559

 

É o restaurante mais famoso de Mendoza. Como o próprio nome já diz é de propriedade do Francis Mallmann, um dos mais conhecidos chefs da Argentina que carrega o título de “mestre dos fogos”. Entre estes “fogos” está a arte do domínio do fogo em lenha e, inclusive, exibe um churrasqueira entre as mesas onde são prepararas as carnes grelhadas. Nada mais argentino!

A casa fica numa antiga vinícola, o que cria um cenário único e um ambiente bastante histórico. Alías, trata-se de uma particularidade do Francis Mallmann, que em Pueblo Garzon – Uruguai montou o restaurante Garzon num armazém abandonado. Este contexto nos dá a oportunidade de degustar os seus pratos num ambientes muito agradável.

O menu é cheio de pratos inspirados na gastronomia local além de boas opções da cozinha mediterrânea. Tudo com muito sabor e ótima apresentação. Um restaurante que vale a pena a experiência tanto pela gastronomia quanto pelo ambiente. Além da oportunidade de poder viver o grande chef Francis Mallmann.

 

SIETE COCINAS

 

IMG_2562

 

Uma decepção! Tem uma excelente proposta que divide a Argentina em 7 cozinhas regionais e assim trazem aos clientes a experiências de cada uma delas. Pena que na prática as coisas não acontecem como deveriam. Trouxeram o menu degustação diferente do apresentado, sem apresentações e ainda mal preparados. Falta de técnica mesmo. Por exemplo, serviram um pastel de carne como algo nobre e ainda veio queimado. Erro básico! Gastronomia básica com simplicidade exagerada. Na verdade, a impressão é de que a proposta busca enganar o cliente. Evite este restaurante!