11 de fevereiro de 2016
KO – KOSUSHI

 

 

image

O aconchegante e moderno KO é comandado pelo chef George Yuji Koshoji e oferece um cardápio na linha tradicional da culinária japonesa com algumas criações e inovações da casa como o Crab Sushi (sashimi de caranguejo regado com manteiga trufado) e o Tamago Shake (ovo orgânico empanado na Panko com salmão e finalizado com ikura, azeite trufado e flor de sal). Além do bom serviço o restaurante possui um bela vista da cidade de São Paulo.

 

image image




7 de fevereiro de 2016
UN-RESTAURANTE

image

Com certeza está entre os grandes endereços da culinária japonesa em São Paulo. Oferece a gastronomia oriental mais tradicional sem as invenções e adaptações brasileiras que encontramos aos montes por aí. Os pratos são preparados com requinte de alta gastronomia e com ótima apresentação.
À frente do projeto estão Tadashi Shiraishi e Alex Terada. Tadashi, embora seja brasileiro, passou pelo Japão e Europa, e nos últimos três anos atuou ao lado do Chef Nobu Matsuhisa e esteve à frente do Nobu de Mykonos e de St. Moritz. Terada, brasileiro, também atuou no Nobu onde foi sous-chef e conheceu Tadashi. De volta ao Brasil abriram o UN.
A busca por um nome com significado tanto em japonês quanto em português os levou à palavra “UN”, que é o resultado da sinergia de duas forças: a do prefixo da palavra japonesa “UNMEI” (que significa destino) e o poder do que representa o algarismo 1
Conta com ótima gastronomia e com excelente serviço. Suas mesas são bem disputadas. Vale a pena a experiência

 

image image image image image image

image image




7 de fevereiro de 2016
ARTURITO

 

image

A famosa chef do MasterChef, a argentina Paola Carosella, mantém a cozinha do Arturito com muita qualidade e sabor. Os pães de produção própria são um show à parte. Imperdíveis! Bela gastronomia e ótima opção.

 

image image image image




30 de janeiro de 2016
THE BURGER

image

E o Morumbi ganhou + uma casa de hamburguer. O The Burguer recém abriu as sua portas e trouxe em seu cardápio boas e variadas opções. O cardápio é dividido em Clássicos, Premium e Deluxe. Na categoria Premium há 7 opções e entre eles o Black (pão preto com gorgonzola, rúcula e cebola caramelizada) e o Top (com queijo Brie, cogumelos Paris na manteiga e tomilho). Entre aqueles Deluxe o carro chefe é o Insano (alface americana, queijo cheddar inglês, cebola roxa, pickles, bacon e molho The Burger). O tamanho assusta! Servem muito bons hamburgers!




30 de janeiro de 2016
CANTALOUP

 

image

A mais nova do Cantaloup são as lagostas canadenses. Elas chegam em pequenos lotes semanalmente (ao redor de 8 unidades) e você vai precisar fazer a sua reserva para degusta-las. Digo reserva da lagosta mesmo, e não só da mesa. Elas chegam ainda vivas do Canadá e são preparadas com maestria pelo chef Valdir Oliveira, que as acompanha com massa paglia e fieno e minialcachofras. Realmente foi a melhor lagosta que já degustei. Leve, saborosa e carne muito tenra. Foge de longe daquelas carnes fibrosas das lagostas que estamos acostumados por aqui. Embora a lagosta canadense seja a estrela principal eu não posso deixar de mencionar a entrada, que foi um foie gras com figo e calda de Porto e jaboticaba. Simplesmente fantástico! Pra terminar ainda provamos o Tiramisu e pudim de leite da chef de partie Renata, que recém integrou o Cantaloup após passar pela Cordon Bleu. O fios de casca de laranja no pudim de leite dão um toque mais que especial nesta sobremesa. Tudo perfeito!

 

image
image
image