27 de dezembro de 2015
GEORGE PRIME STEAK

GEORGE p&r

Restaurante de altíssimo nível em Praga. A especialidade são os steaks, mas também tem opções de peixes e frutos do mar. Bem ao estilo americano, tem um rol de steaks a serem escolhidos e a parte você escolhe os acompanhamentos. O detalhe é que pra escolher a sua carne as opções são trazidas à sua mesa, ainda cruas é claro, e detalhadamente explicadas. Acabei fazendo a opção pelo tradicional Rib-eye e realmente estava fantástico. Como acompanhamento pedi um Mac and Cheese trufado, que também estava muito bom. A mesa ainda pediu camarões e vieiras ao curry que também foram muito bem elogiados. Este restaurante requintado é parte do guia Michelin e trate-se de uma ótima opção em Praga.

 

image
image




27 de dezembro de 2015
AROMI

AROMI p&r

Um autêntico italiano com grande ênfase em peixes e frutos do mar frescos. Funciona desde 2005, cujo chef e proprietário Ricardo Lucque comanda pessoalmente a relação com fornecedores preocupado com a qualidade dos ingredientes e assim desde 2006 é premiado pela Michelin Bib Gourmand award. Ambiente bem aconchegante e muito bom serviço. Se a sua opção for peixes, eles são trazidos à sua mesa para que você mesmo os escolha. Da entrada a sobremesa tudo estava muito bem preparado e muito saboroso. Se estiver em Praga, está aí um lugar que vale a pena a experiência.

 

AROMI pratos & rolhas

 

image

image

image

image

image

image

 

IMG_0322
IMG_0327

 

 

 




27 de dezembro de 2015
PETR KOCARIK MORAVSKÉ ZEMSKÉ VINO HIBERNAL 2013

 

Morávia

 

Já que estava em Praga, não perdi a oportunidade de provar um vinho Checo. Este 100% Hibernal, um uva híbrida alemã fruto do cruzamento da Chancellor com a Riesling, que é plantada largamente na República Checa. Bastante resistente, inclusive ao frio. Tem mais açúcar e maior produção em relação a Riesling, mas a acidez é menor. A sua maior área plantada na República Checa é na Morávia, inclusive a origem deste vinho aqui degustado. A Morávia é a principal região produtora de vinho no país e fica ao sul, na fronteira com a Austria.
Um vinho bastante fresco e frutado com toque de passas. Um experiência que valeu a pena.




27 de dezembro de 2015
GOULACH + SCHNAPPS

 

Goulach p&r

Já que estava na República Checa não pude resistir em provar um goulach, que é originário da Hungria, porém os austríacos e checos defendem as suas receitas como originais. Nunca estive na Hungria e não o comi na Áustria, então só posso falar desse aqui que comi em Praga. Olha, estava muito bom. O caldo bastante grosso e também bastante spicy. O que degustei foi preparado com canela de boi (não estou chamando de ossobuco porque não foi assim que a cozinha disse). A carne estava bem macia e bastante saborosa. E como é pratica dos checos não fugi a tradição e o acompanheI com dumplings e panquecas de batata. Aliás, eles comem dumplings com quase tudo. Dumplings são um tipo de pão cozido e as panquecas são bem condimentadas. O conjunto é bom e vale a experiência de viver os costumes locais.
Mas os costumes não param por aí. Como trata-se de uma comida forte eles a harmonizam com schnapps. Um tipo de bebida alcoólica destilada. A palavra vem do alemão Schnapps ou Schnaps, usado para se referir a qualquer tipo de aguardente, particularmente aquelas que contêm teor de 32% de álcool. Para os Checos, o schnapps em questão e o Slivovitz, um brandy de fruta. Degustei o de ameixa (mais comum) e também o de pera. Bem parecido com uma bagaceira portuguesa, ou seja, forte de verdade. Posso dizer que a harmonização é boa e assim cumpri a tradição local completa.

 

P&r

 




27 de dezembro de 2015
GSELLMANN MATTHIAS ZWEIGELT HEIDEBODEN 2012
Categorias: Austria, Burgenlang, Vinho, Wine

Burgland

 

Como continuei na Áustria, mantive o vinho local para o Natal. Desta vez um Gsellmann Zweigelt Heideboden 2012, que a exemplo do último também é da Burgenland, mas desta vez 100% Zweigelt, a uva mais plantada na Áustria e encontrada em todas as 16 áreas que produzem vinho no país. É uma uva altamente resistente, inclusive ao congelamento. Aroma intenso de cereja e bastante encorpado. Harmônico e com final persistente.