1 de agosto de 2014
BUTERFLY – BARILOCHE

 

IMG_0283

O Butterfly está entre os restaurantes mais recomendados de Bariloche e, talvez, o principal para se apreciar a alta gastronomia patagônica. Fica num lugarzinho escondido em frente ao lago Nahuel Huapi que complementa a aconchegante atmosfera da casa. O ambiente calmo e personalizado que ainda exibe obras do pintor patagônico Egon Paul Hoffmann da à casa um toque bem íntimo.
O menu é variado e definido a cada dia. É formado por 7 pratos, sempre com ingredientes frescos e locais, que destacam os sabores regionais. A degustação sempre será uma surpresa e pode ser feita a opção pelo menu harmonizado com vinho argentinos.
Prato 1: Como entrada, Foie Gras com nozes e suco de limão.
photo-1
Prato 2: Brusquetta com tomate confit, pesto, queijo de cabra, bolinho de azeitona preta e hortaliças harmonizado com Lorca Fantasia Extra Brut Blanc de Blancs – Aroma cítricos e de frutas secas e na boca pêra e maçã verde.
IMG_0277
Prato 3: Camarão empanado com molho de framboesas e toques de iogurte e limão harmonizado com Tomero Sauvignon Blanc 2012 – Aroma de frutas cítricas e tropicais com bom equilíbrio e boa acidez. Na boca é harmônico e traz bastante frescor.
IMG_0278
Prato 4: Salmão grelhado com linguiça forte, batata, manteiga com especiarias e hortaliças harmonizado com Gouguenheim Valle Escondido Pinot Noir 2012 – Aroma de cereja e de frutas vermelhas. Na boca é complexo, aveludado e possui taninos maduros.
IMG_0279
 Prato 5: Consomé de cogumelos com purê de ervilhas, bacon crocante e ovo perfeito (cozido sem ferver a água) harmonizado com Foster Pink Malbec 2010 Enrique Foster – No nariz frutas vermelhas de um Malbec clássico com forte presença de cereja. Na boca é bem estruturado e intenso.
IMG_0282
Prato 6: Porco com purê de batata doce, framboesa e amora harmonizado com Domaine Bousquet Malbec 2007 – Um vinho jovem e frutado que traz aromas de groselha com notas de especiarias. Na palato é apimentado com final longo.
IMG_0280
Prato 7: Bolo de chocolate coberto com chocolate branco, blueberry e amora em calda de caramelo. Harmonizado com Las Perdices Colheita Tardia Viognier 2011 – Com aroma de damasco, pêssego e mel e um vinho bastante delicado e suave no adocicado.
IMG_0281
Esta excelente opção para um bom jantar fica na Hua Huan 7831, no quilômetro 7,9 da Avenida Bustillo – (02944) 461441. Se passar por Bariloche não deixe de passar por lá.



1 de agosto de 2014
LA SALAMANDRA PULPERÍA – BARILOCHE

 

IMG_0273

Um restaurante meio boteco imperdível em Bariloche. A casa parece um oficina ou talvez uma garagem cheia de coisas velhas. Com uma decoração repleta de antiguidades e com apenas 5 mesas o pequeno e aconchegante espaço é parada obrigatória na cidade. A casa é comandada pelo casal Gerônimo (na cozinha) e Renata (no atendimento) que fazem muito bem as suas “obrigações”. Os pratos saborosos e o atendimento com muita cordialidade e simpatia. Trata-se de um lugar único e original que dispensa um tratamento personalizado e atencioso.
O menu é pequeno, mas extenso na qualidade. Vale a pena degustar todas as opções que a casa oferece:
photo
As empanadas, que são elaboradas a partir de uma receita da avó do Gerônimo, são maravilhosas. Massa leve e carne muito suculenta. O tradicional Choripan vem num pão quente e crocante com um toque de rúcula.
IMG_0272
A brusquetta de cogumelos, que aqui se chama Cacho e’ Pan y Hongos Salteados é bem saborosa com sabores intensos. Igualmente gostosas são as Papas e’ Pulpero, que vem gratinada com queijo além do creme e cebolina por cima.
IMG_0269
O Ojo e’ Bife com Ensalda e Chimi é simplesmente fantástico. É o melhor Ribeye que já comi na minha vida. Macio, suculento e saboroso. Singular!
IMG_0270
Pra mim, parada obrigatória em Bariloche. Simples, gostoso, intimo e acessível.



20 de abril de 2014
HUMBERTO CANALE GRAN RESERVA CABERNET FRANC 2008

myimage.jpeg

Intenso na cor, nos aromas e nos sabores, este vinho da Patagônia nos trás uma boa experiência. Aromas de frutas vermelhas escuras, especiarias e toques de baunilha. É bem encorpado, como era de se esperar de um 100% Cabenert Franc, mas apresenta ótima estrutura e equilíbrio. Também é bastante harmônico e possui final longo.
A Patagonia tem uma viticultura caracterizada por dias quentes, noites frias, solo de textura grossa e pedregosa e muito vento. A Patagônia é conhecida como a terra dos vinhedos dos ventos. E são estas características favoráveis combinada com o stress nas videiras provocado pelos ventos que bons vinhos frutados e intensos estão sendo produzidos. Este é um deles. No Brasil é importado pela Grand Cru e custa ao redor de R$130.




23 de novembro de 2013
TEGUI BUENOS AIRES

IMG_5288

O Tegui é uma destacado restaurante de Buenos Aires conduzido pelo chef Germán Martitegui. Um destaque reconhecido pela San Pellegrino que o coloca como o melhor restaurante argentino e o décimo sexto da América do Sul. Você também pode conhecer as habilidade deste chef no badalado Casa Cruz ou no Olsen, os outros dois endereços do mesmo chef. Aliás, pra que quer emendar uma balada na sequência o Casa Cruz é o local certo.
De fato, um restaurante elegante e bastante original no coração do bairro boêmio de Palermo. Você já ficará surpreso na chegada. Possui como fachada um muro todo grafitado e uma porta de ferro fechada. Se você não tiver certeza quanto ao local vai achar que se trata de uma casa abandonada. O próprio taxista que me deixou lá não acreditou que ali havia uma restaurante. Mas por dentro o ambiente com sofás, um belo bar e uma enorme adega montam um atmosfera elegante. É possível ver a cozinha de qualquer parte do restaurante. Toda aberta e bem visível.
Apresenta uma culinária cheia de técnicas, qualidade e apresentação com forte presença da cozinha argentina em meio a cozinha mediterrânea.
Fiz a opção pelo menu degustação, assim pude apreciar um pouco mais as técnicas do chef Martitegui. Foram 8 pratos muito bem preparados e apresentados. Combinaram criatividade com aromas e sabores e ainda apresentaram ingredientes locais de uma forma única. Também é possível fazer a opção de degustação por 3 ou 6 pratos, que podem ser harmonizadas com vinho ou champagne, se você preferir.

Um restaurante singular e cheio de surpresas. Não está entre os mais baratos, mas os preços não são exagerados. Uma experiência que vale a pena.

Esta foi a sequência no menu degustação, considerando cortesias do chef:

IMG_5273 IMG_5276 IMG_5278 IMG_5279 IMG_5280 IMG_5281 IMG_5282 IMG_5283 IMG_5284 IMG_5285

 

 

 

 

 

 

 




22 de novembro de 2013
BRESSIA PROFUNDO 2005
Categorias: Argentina, Vinho, Wine

IMG_5308

Vermelho rubi vivo com aromas abertos de geléia de frutas vermelhas e notas de baunilha e especiarias. Na boca, um vinho maduro com taninos macios. Bastante encorpado e persistente. Segundo muitos argentinos o Bressia é o melhor vinho argentino. O vinho top de linha desta bodega é o Bressia Ultima Hoja, que você encontra no Free Shop da Argentina por US$350. Já o degustado aqui, o Profundo, pode ser encontrado por US$160. Valores bastante altos para vinhos argentinos, embora muito bons.

Uvas: Malbec (50%), Cabernet Sauvignon (30%), Merlot e Syrah (10% cada).