27 de janeiro de 2016
EL URUGUAYO

image

Steak house que se destaca pelos tradicionais cortes de carnes uruguaios e argentinos. É do mesmo proprietário do já famoso La Tranvia. Um uruguaio que começou pequenininho lá na Conselheiro Brotero e hoje tem 2 belas casas. Trate-se de umas das melhores opções de carne na região de São Paulo. As sobremesas uruguaias também são destaque. Você vai encontrar nesta casa o Chajá (feito com merengue, uma base de pão de ló, chantilly e pêssego) e a panqueca recheada com doce de leite uruguaio com sorvete de creme. Convém dizer que na minha opinião o doce de leite uruguaio é o melhor do mundo.

 

image
image




3 de julho de 2014
RESTAURANTE 1921 – MONTEVIDEO

image

O Hotel Casino Carrasco faz parte da história de Montevideo e foi inaugurado em 1921. Por décadas, foi sinônimo de luxo, mas foi fechado em 1990. Patrocinado por um grupo de investidores, em 2009 as suas obras de restauração foram iniciadas e em 2013 reabriu suas portas e voltou a exibir toda a sua história e luxo. Além do cassino ainda tem a bandeira Sofitel para a hotelaria e o restaurante 1921, que enfatiza o patrimônio arquitetônico e trás a história com o seu nome que relembra a data da inauguração original no início do século. Comandado pelo Chef Willian Porte, que mescla a gastronomia francesa com toques regionais, possui um ambiente convidativo e sofisticado

 

Sopa de Abóbora

Sopa de Abóbora

Risotto de Cevada e Presunto

Risotto de Cevada e Presunto

Sobremesa

Sobremesa




22 de junho de 2014
LA BOURGOGNE – PUNTA DEL LESTE

image

 

Há mais de 30 anos o Chef Jean Paul Bondoux chegou a Punta del Leste onde abriu o seu restaurante inspirado em suas origens, a Borgonha. O La Bourgogne valoriza em seus pratos os vegetais e ervas cultivados no próprio quintal.

Nestes últimos 30 anos Bondoux construiu a sua reputação, expandiu as suas fronteiras montando casas com sua bandeira na Argentina, Chile e Brasil e alcançou o lugar de número 42 entre os melhores restaurantes da America Latina na lista da St. Pellegrino.

O menu é totalmente francês com leves toques uruguaios. As rãs com vieiras, batatas e legumes frescos é uma especialidade da casa. De fato, um prato bastante saboroso. Os frutos do mar com ervas e legumes assim com o leitão com purê de batata trunfado estiveram entre os pratos degustados e sem dúvidas muito bem preparados e apresentados, com destaque aos acompanhamento de verduras, legumes e ervas frescas e cheios de aromas.

 

image

 

 

image

Um restaurante que vale a pena a experiência, mas prepare os seus bolsos, pois trate-se de uma casa cheia de $$$$.




22 de junho de 2014
PRELUDIO 2000 – BODEGA JOANICÓ
Categorias: Canelones, Tannat, Uruguai

juanico

 

Um dos grandes vinhos premium do Uruguai. Corte de 5 uvas: Tannat (50%), Cabernet Sauvignon, Merlot, Petit Verdot e Cabernet Franc. Possui 36 meses de carvalho francês.

Intenso, incorpado e bem estruturado. Com taninos presentes e maduros. Complexo no aromas e nos sabores. No nariz, aromas de frutas vermelhas (cereja, ameixa e framboesa) com notas de especiarias. Na boca é harmônico e bem persistente. Grande potencial de guarda.

É o melhor vinho Uruguaio que já degustei.




19 de junho de 2014
OVO – PUNTA DEL ESTE


#ovo

Um lugar descolado com opções de bar e restaurante. Fica nos domínios no famoso Conrad e anexo a uma balada que leva o mesmo nome do local. Muito iluminado e com música alta praa embalar os clientes. Há uma DJ que fica na entrada e comanda a trilha sonoro bem variada que vai da jovem guarda brasileira aos hits do momento. A especialidade da casa e a fusion food, inspirada da cozinha japonesa e peruana. Possui também um variedade de drinks bastante ampla preparados pelo barman que fica no centro do restaurante em um bar todo iluminado.

O Ceviche de Lagosta é sensacional. Além dos tradicionais ingredientes que compõem este prato o chef inclui pedaços de abóbora, abacate e manga. Até já havia visto manga por aí, mas o abacate e a abóbora foi a primeira vez que encontrei. E ficou demais! Bela harmonização. Apesar dos US$30 é uma entrada que vale a pena saborear.

Ceviche

O suchi e sashimi também são muito bons. Frescos e bem preparados, mas não trazem nada de especial. Só não me acostumei com a forma que a casa serve o saque: em tacinhas tipo licor. Gosto mais dos nossos copos quadrados com sal na borda.

 

Suchi