3 de outubro de 2013
FESTIVAL DE PESCADOS E FRUTOS DO MAR – CEAGESP

FESTIVAL CEAGESP

FESTIVAL CEAGESP

Como o inverno se foi e a temporada de frio está chegando ao fim, o CEAGESP optou por inovar e se adaptar ao tempo e assim lançou o Festival de Pescado e Frutos do Mar. O Festival está em sua primeira edição e já é um sucesso entre os paulistanos. Conseguir uma mesa para apreciar o Festival é uma tarefa difícil. As mesas no restaurante do GEAGESP são bastante disputadas. Mas você vai poder disputa-las até o dia 2 de novembro, data que encerrá o Festival e, provavelmente, dar espaço a uma nova idéia para o verão. O restaurante fica no Entreposto Terminal São Paulo (ETSP), na Vila Leopoldina. A entrada de carros é pelo Portão 3 (Avenida Dr. Gastão Vidigal, 1.946), e há estacionamento grátis no local. O valor é de R$ 59,90 por pessoa e não inclui sobremesa.

Espeto de Camarão

Espeto de Camarão

 

Paella

Paella

 

 

Os amantes da Sopa de Cebola do CEAGESP  não ficarão na mão. Ela é parte do buffet, que ainda tem saladas, frutos do mar (marisco, polvo, lula…),  3 tipos de peixes, paella, moqueca e o destaque que é o espeto de camarão.  cardápio varia semanalmente, mas a base é composta desta forma. Para saber o cardápio da semana acompanhe pelo site o que o Chef preparou (http://festivaldopescadoceagesp.wordpress.com ). O atencioso e acessível Chef  Ivair Felix é o responsável pelas receitas do Festival do Pescado e Frutos do Mar, que desde 2009,  contribui para o sucesso do Festival de Sopas.

Sopa de Cebola

Sopa de Cebola

Segue uma dica que vale a pena para os amantes da sopa de cebola. Não sirvam-se da sopa do buffet, peça para o garçons trazerem um preparada pela cozinha. Vem gratinada e não é cobrada a parte. Outra dica fica por conta da rolha. O local não possui uma grande carta de vinhos e você pode levar o seu por apenas R$20,00. Mas não espere taças especiais assim como um local maravilhoso. Lembre-se: Você estará no CEAGESP.


gravatar
MAURÍCIO RIBEIRO
outubro 9th, 2013 às 14:04

1

Somente um esclarecimento, a carta de vinhos do festival é composta de 22 vinhos com ênfase nos brancos. Os vinhos nacionais e os espumantes são produzidos pelo Grupo Valduga, e ainda possui vinhos da Argentina produzido pelo Carlos Pulenta, do Chile pela Yali do grupo Ventisquero, e de Portugal pela Enoport. Destaco vinhos como Dão Catedral que foi indicado pela Wine Enthusiast (USA) com 90 pontos e considerado um dos 10 melhores do mundo na categoria Best Buy, vinho que está disponível por R $48, 00 no festival.O espumante Ponto Nero recentemente recebeu medalha de ouro no 36 Concurso Challenge Internacional du Vin na França (unico espumante brasileiro) e consta na cartapor r $46, 00 ou $19, 00 garrafas de 187ml. Os vinhos da Yali como o Sauvignon Blanc tem vindo a receber premios e pontuações altas por revistas internacionais, e o seu Chardonnay que no festival está a $29, 00 também. O vinho verde produzido pela Enoport também encontra se a $29, 00. E para finalizar posso afirmar que a carta possui também bons vinhos nacionais produzidos pela Casa Valduga, com destaque ao Raizes Sauvignon Blanc ou ainda ao Identidade Gewurztramier . Coloco-me desde já a disposição para qualquer informação adicional sobre a carta, que foi montada para harmonizar com os pratos do festival.
mauricio@sampavinhos.com.br

[Responder]

Marcos Inocencio Respondeu:

Agradeço a contribuição.

[Responder]