30 de janeiro de 2015
TRANCOSO – GASTRONOMIA

Com certeza, Trancoso está entre os grandes centros gastronômicos do litoral baiano. Boa comida e ambiente aconchegante estão entre as características de destaque do local onde a criatividade se une a tradição para formar a gastronomia desta cidade.

 

 

Divino’s

Unknown

Comandado pelo chef Umberto Rocca, um nome de destaque na gastronomia italiana e tem no curriculum a elaboração de pratos que agradaram celebridades como Giorgio Armani e Robert De Niro. É marcado por uma gastronomia italiana com toques mediterrâneos e locais. Não possui um cardápio diversificado, mas os pratos preparados são muito bem elaborados, com ótimo sabores e muito boa apresentação. Local bem agradável e requintado. $$$$$

IMG_2508

 

 

La Cevicheria

1510397_237606586406204_2028004955_n

O Peru tem se destacado na gastronomia mundial e assim posso dizer que mandaram o seu representante para Trancoso. E, na minha opinião, o Peru está muito bem representado pelo chef amável chef Brict Perez. No cardápio encontramos saltados, chaufas, causas, anticuchos e os tradicionalíssimos ceciche. A gastronomia fusion é destaque aqui. Peru, Japão, Espanha, Brasil… Imperdível! Coloco está casa entre as dois principais destaques gastronômicos de Trancoso. Local simples e aconchegante e que tem como destaque, além da gastronomia, a simpatia e flexibilidade do chef. $$

IMG_2510

 

 

Cacau

IMG_0158

Um restaurante que valoriza a gastronomia local, ou ainda, as raízes baianas. E esta valorização está tanto no cardápio quanto no atendimento, já que ali é tudo 100% baiano. Muito peixe, pimenta, frutos do mar … Os pratos muito bem elaborados e boa diversificação. Como entrada o destaque é o couvert, que pode ser descrito como um “festival de bolinhos”. Tem de peixe, de macaxeira, de abóbora, de frango… Vale a experiência dos bolinhos! Local simpático e aconchegante. $$$$

 

IMG_2513

 

 

 

Thaicoso

 

IMG_0152

Com apenas um ano de atividade este pequeno restaurante é sem dúvida destaque na gastronomia de Trancoso. Recebe menos de 20 pessoas por noite para servir os seus pratos, que são pré-definidos e as opções limitadas a esta definição que variam entre 3 a 4 opções formando um cardápio bem compacto. A linha mestre aqui é o fusion: Thai e Baiano. O Peixe assado no molho de maracujá e leite de cocô com arroz de jasmim é fantástico. E os pratos sempre trazem muito condimento Thai. Local intimista e bem simpático com uma cozinha criativa. Assim como a La Cevicheria está entre os principais restaurantes de Trancoso, ou melhor, estes 2 restaurantes são os 2 melhores da cidade. $$

 

IMG_2515

 

 

Capim Santo

 

IMG_0161

Está entre os mais antigos e seletos restaurantes de Trancoso. Está em atividade desde 1985 e apresenta uma cozinha clássica com fortes toques brasileiros. A Chef Morena Leite, proprietária da casa, é conhecida nacionalmente e ficou famosa pela sua qualidade. O local é rústico e aconchegante e as suas mesas são bem disputadas. É uma marca da gastronomia da cidade e também brasileira. $$$$

 

IMG_2511

 

 

 

A Creperia

 

IMG_0150

Serve crepes originalmente franceses com massa de trigo sarraceno para os crepes salgados e farinha de trigo tradicional na massa dos crepes doces, seguindo a risca a tradição da Bretanha. Só falta a Cidra pra ficar 100%. Inclusive a chef é francesa e arrisca as suas palavras em português. Boa pedida. $

 

 IMG_2516

 

 

 

Villas de Trancoso

 

IMG_0144

Restaurante contemporâneo com cardápio bem diversificado. Fica em uma das pousadas mais sofisticadas da cidade e possui uma boa carta de vinhos. Na minha opinião, a melhor da cidade. Local charmoso que tem as suas mesas ao redor da piscina e formam um ambiente bem praiano. $$$

IMG_2509

 

 

 

 

Casa da Sissi

 

A Sissi é uma gaúcha que foi parar lá em Trancoso e que domina a arte de fazer brigadeiros . Aliás, esta é a frase que ela estampa com orgulho: “brigadeiro com arte”. O rol de brigadeiros é bem amplo e bem criativo. Além dos tradicionais, tem de nozes, tapioca, morango, uva, de café (Muito bom), de chimarrão (Claro! Estamos falando de uma gaúcha) entre muito outros. Parada obrigatória para degustar estas delícias.

IMG_0162

 

 

 

 




19 de junho de 2014
OVO – PUNTA DEL ESTE


#ovo

Um lugar descolado com opções de bar e restaurante. Fica nos domínios no famoso Conrad e anexo a uma balada que leva o mesmo nome do local. Muito iluminado e com música alta praa embalar os clientes. Há uma DJ que fica na entrada e comanda a trilha sonoro bem variada que vai da jovem guarda brasileira aos hits do momento. A especialidade da casa e a fusion food, inspirada da cozinha japonesa e peruana. Possui também um variedade de drinks bastante ampla preparados pelo barman que fica no centro do restaurante em um bar todo iluminado.

O Ceviche de Lagosta é sensacional. Além dos tradicionais ingredientes que compõem este prato o chef inclui pedaços de abóbora, abacate e manga. Até já havia visto manga por aí, mas o abacate e a abóbora foi a primeira vez que encontrei. E ficou demais! Bela harmonização. Apesar dos US$30 é uma entrada que vale a pena saborear.

Ceviche

O suchi e sashimi também são muito bons. Frescos e bem preparados, mas não trazem nada de especial. Só não me acostumei com a forma que a casa serve o saque: em tacinhas tipo licor. Gosto mais dos nossos copos quadrados com sal na borda.

 

Suchi

 


 

 

 

 




23 de março de 2014
MARAKUTHAI – ILHABELA

Marakuthai

A casa fica praticamente encravada no Yatch Club com vista para a Praia do Saco do Indaiá. Ali fica um dos melhores restaurantes do Litoral Norte. Comida contemporânea com fortes influências orientais. Em especial, influências tailandesa e indianas. O restaurante é da jovem e prodígio Chef Renata Vanzetto. Com utensílios e cadeiras emprestadas dos familiares e apoio das amigas, este talento da gastronomia transformou um galpão simples num ambiente aconchegante e num charmoso restaurante.
Simpatizante dos sabores orientais, desde cedo começou a elaborar pratos com toques Thai e assim ficou rotulada pela “maracutais” na cozinha, de onde surgiu a sua idéia de montar um restaurante que considerasse as suas “brincadeiras” tanto nos pratos como no nome e assim nasceu o Marakuthai. Hoje, aos 26 anos, além do premiado Marakuthai na Ilha, Renata ainda conta com mais dois restaurante na capital paulistana: a filial do Marakuthai em o recém inaugurado Emma. Este ultimo, disputadíssimo. Uma reserva no Emma pode levar algum tempo. Alem de seu próprio histórico, Renata também teve a experiência de um estágio no Noma, restaurante dinamarquês entre os melhores do mundo, se não o melhor.
Os sabores orientais com toque brasileiro podem ser degustados no Khiri Khiri (bolinho de camarão com crosta de castanha de caju e molho de pimenta com saquê). A variedade do cardápio também nos permite provar sabores sul-americanos como o Yala (cubos de peixes marinados em limão, limão cravo, mexerica e laranja com tomate cereja e cebola roxa). Entre os pratos clássicos do Marakuthai está o camarão rosa puxado na wok com cebola, gengibre, pimenta vermelha, banana no coco ralado, molho Curry e arroz de jasmim.

Khiri Khiri

Khiri Khiri

Camarão com molho Curry

Camarão com molho Curry




22 de março de 2014
SUCHI BAR DPNY BEACH HOTEL – ILHABELA

image

Culinária japonesa com o pé na areia está entre as opções gastronômicas do DPNY Beach Hotel. O Sushiman Ricardo Rodrigues esbanja suas habilidades no comando deste Suchi Bar. Uma experiência que vale a pena a começar pelo ambiente e se completa nos sabores e qualidade com destacada criatividade nas especiarias e combinações usadas. Se puder, passe por aqui!




22 de março de 2014
TRÓIA RESTAURANTE – ILHABELA

Camarão Flambado com Risoto Citrus

Camarão Flambado com Risoto Citrus

Se a ideia é um ambiente requintado com cardápio franco-contemporâneo o Tróia, instalado no hotel DPNY sob o comando do chef Sandro Bianchini, é uma boa opção.

Mariscos Gratinados

Mariscos Gratinados

Brusqueta de Brie com Aspargos

Brusqueta de Brie com Aspargos

Pasta com Tinta de Lula e Frutos do Mar

Pasta com Tinta de Lula e Frutos do Mar